DIARIO

Aqui é meu verdadeiro diário a  partir daqui você ira me conhecer melhor, o motivo pelo "nome" estranha, como é meu dia a dia, e outras coisas ^^






MELHOR AMIGA *0*






 Bom ano pasado eu entrei no ensino medio, no começo fiquei bem chateada , tipo super amava minha turma, do 9º ano QUASE nao sofri bullying (mentira) ahh gente eu amava a cada um daqueles trouxas, otários, gorduxos, e estava com medo de ser com quando fui pro ensino fundamental 2, sempre que troco de escola é um sofrimento muito grande por que  eu tenho um pouco de dificuldade para encontrar amigos, e fico sempre sozinha no meu canto, sim quando eu fui pro fundamental 2 sofri bastante, la eles começaram a me chamar de estranha (por isso sou a estranha anonima e.e), e outras coisas piores, e aquilo sempre me machucava mas eu fingia não ligar, sei lá na minha cabeca se eu ignorasse eles iriam me esquecer e me deixar em paz, minha vontade ali era me tornar invisível, queria ser mais que isso, queria me camuflar na parede e sei lá, poder sair voando dali, ai eu pensei, posso criar um mundo so meu, tipo so meu e com coisas que eu aceitasse que entrasse la, aquele ia ser o lugar do meu sonho, eu  não sei acho que criei aquele lugar, o periodo mais triste da minha vida, me afastei, me isolei, ficva o dia todo no computador ou no psp trancada no quarto, saia pra escola, voltava, trancva a porta, sai, pegava comida, voltava pro quarto, dormia a tarde toda, a noite toda, acordava ia pra escola, fazia a atividade, sentava no fundão e nao falava com ninguem, ate, que, eu cheguei no 8° e  surgiu minha melhor amiga, a quem eu vou chamar de e.e 'abelhinha' (nao sei o porque do apelido, mas, é o que temos pra hoje) ela sentou do meu lado, e sorriu pra mim... sim, ela sorriu pra mim. Ninguem tinha sorrido de graça pra mim antes, eu fiquei meio sem saber o que fazer, e então, virei a cara, parecia involuntario, ela sempre sorria pra mim, todos os dias. Então, um dia, eu sorri de volta, e eu tava muito mal por um motivo, e meio que, não tinha com quem conversar, comecei a falar com ela, ela era tão *--* fofa, educada, e legal, a troco de nada, entao, todos os dias a gente se falava e el acabou se tornando minha melhor amiga.
fim
(que fim escroto, desculpem ter escrito no passado, é porque eu meio que precisava contar isso pra vocês, e sei la, achei que ficou estranho eu falando do passado no presente, enfim, tchau.)










Nenhum comentário:

Postar um comentário